BR 10 2014 030002 3

PROCESSO EFICIENTE DE PURIFICAÇÃO DO CARDANOL ISOLADO DO LÍQUIDO DA CASCA DE CASTANHA DE CAJU (LCC) E PRODUÇÃO DE DERIVADOS DE INTERESSE INDUSTRIAL.

 

O QUE É?

A presente invenção descreve a purificação do cardanol o qual é constituído por uma mistura de 3-((Z)-tetradec-7-enilfenol,3-((7Z,10)-tetradec-7,10-dienil)fenol, 3-((7Z,10Z)-tetradec-7,10-trienil)fenol provenientes do líquido da casca da castanha do caju processada termicamente (LCC técnico) e a preparação do 3-pentadecilfenol (cardanol hidrogenado) os quais foram utilizados como materiais de partida ou intermediário para reagir com a epicloridrina, levando a obtenção de haloidrinas e epóxi-éteres. Os epóxi-éteres foram tratados com acetato, tioacetato e morfolina para levar a novos derivados funcionalizados. Esta invenção tem como um dos objetivos resolver os problemas recorrentes da purificação do cardanol por processo de destilação do LCC tais como: a formação de espumas, bolhas, baixo rendimento e impurezas. A metodologia emprega reator de micro-ondas para obtenção de epóxido ou haloidrina a partir do cardanol ou seu derivado hidrogenado por tratamento com epicloridrina e dispensa o uso de solventes e bases em quantidades equimolares. Desta maneira, o processo pode ser considerado ecologicamente correto (verde), pois, soluciona problemas de baixo rendimento e é economicamente e tecnologicamente viável do ponto de vista energético. A técnica também permite a produção de outros derivados do cardanol e do seu equivalente hidrogenado, destacando-se os seguintes compostos obtidos a partir do epóxi-éter do cardanol hidrogenado: acetato de 3-(3-pentadecilfenoxil)-2-hidroxipropil, 1-(3-pentadecilfenoxil)-3-morfolinopropan-2-ol, 1-(3-pentadecilfenoxil)-3-azidapropan-2-ol, 3-(3-pentadecilfenoxil)propano-1,2-diol, etanotioato de S-3-(3-pentadecilfenoxil)-2-hidroxipropil.

 

INVENTORES

Adilson Beatriz
Denis Pires de Lima
Eduardo Jose de Arruda
Derisvaldo Rosa Paiva
Teresa Manuel Cossa

 

PROPRIEDADE INTELECTUAL

BR 10 2014 030002 3
cod UFMS 027
Depósito 24/11/2014

 

TITULARIDADE

UFMS – Universidade Federal de Mato Grosso do Sul
UFGD – Universidade Federal da Grande Dourados


Portfólio de Patente