BR 10 2016 021522 6

PADRONIZAÇÃO DE DIAGNÓSTICO MOLECULAR PARA BORRELIA SPP.

 

O QUE É?

A presente invenção refere-se à padronização do diagnóstico molecular para Borrelia spp por meio da obtenção de sequências de iniciadores oligonucleotídeos (Primers) exclusivos deste estudo, e desenhados, especificamente, para amplificação do DNA de Boreelia em amostras biológicas de humanos, animais e carrapatos. A técnica utilizada para desenvolvimento da presente invenção foi a PCR Convencional. A presente análise para padronização de diagnóstico molecular foi concluída com o sequenciamento do DNA amplificado de Borrelia spp, propondo-se a padronização do diagnóstico com sucessivas repetições, demonstrando assim, a reprodutibilidade da presente técnica nas amostras biológicas de humanos, animais e de cultura celular. Esta padronização de diagnóstico molecular insere-se na área tecnológica de Necessidades Humanas (A); Ciência Médica ou Veterinária, Higiene (A61); Diagnóstico, Cirurgia, Identificação (A61B), e desenvolve-se no campo da Biotecnologia e Saúde Pública, sugestionando-se a potencial incorporação desta tecnologia ao Sistema Único de Saúde – SUS como ferramenta para o diagnóstico laboratorial e epidemiológico para Borrelia spp.

 

INVENTORES

Jania de Rezende
Carina Elisei de Oliveira
Susana Elisa Moreno
Advaldo Henrique Fonseca
Fernando Aguilar Lopes
Izaias Pereira da Costa

 

PROPRIEDADE INTELECTUAL

BR 10 2016 021522 6
cod UFMS 044
Depósito 19/08/2016

 

TITULARIDADE

UFMS – Universidade Federal de Mato Grosso do Sul
UFRRJ – UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO RIO DE JANEIRO
UCDB – Universidade Católica Dom Bosco


Portfólio de Patente